Planejamento estratégico: tudo que você precisa saber

E como um bom serviço contábil pode auxiliar nesse processo

Nenhum tipo de planejamento nasce da noite pro dia, mas sim, faz parte de um estudo detalhado e bem especificado do campo onde ele deverá ser aplicado. Planejamento estratégico define metodologia de trabalho e toda a gestão de uma empresa e precisa ser respeitado em toda as suas etapas. É um trabalho árduo e que precisa ser feito de forma personalizada. Por isso, o recomendado é que seja instituído dentro de um serviço de contabilidade para que o plano de controle venha ser específico e adequado.

No serviço de contabilidade que consiste na realização e definição de um planejamento estratégico par a sua empresa, será colocado na ponta do lápis vários números relacionados ao seu negócio, que vão de lucros e perspectivas financeiras, até mesmo análise do seu método de trabalho e os seus recursos humanos.

PRINCIPAIS INDICADORES DE PLANEJAMENTO

Lucratividade do negócio

Lucro líquido/Receita total x 100.

Para que esse cálculo seja feito, é plenamente necessário o acesso ao percentual total de lucro da empresa. Essa é informação é o mínimo que um gestor precisa para conhecer da parte financeira da empresa. Esse valor terá variáveis de acordo com o porte da empresa e todo o seu planejamento e movimentação financeira. Por isso, o serviço de contabilidade precisa ser acionado para esse estudo estar o mais próximo possível da realidade.

Crescimento mensal

Receita atual – Receita do mês anterior/Receita anterior x 100.

Como alertamos anteriormente, o lucro varia por determinados fatores e um desses fatores é o tempo. Período de entressafra ou de menor movimentação do seu público, pode gerar receitas mensais menores. Por isso que um balanço periódico (geralmente mensal) é necessário para conferir o aumento a diminuição do movimento financeiro da empresa, para que essa análise gere manutenção ou alteração de estratégia de vendas.

Conversão de vendas

Contrato fechado/clientes atendidos x 100

Nesse quesito você tentará achará o poder de fogo da sua empresa no oferecimento do seu produto ou serviço, achando porcentagem de conversão de interessados em clientes. Também será importante para analisar a gestão de marketing, comunicação e divulgação do seu produto. Necessariamente mexe com uma boa parte de departamentos da empresa.

Participação no mercado

Também chamado de Market Share, é uma estratégia de análise ampla do mercado que serve como demonstrativo da atividade da empresa em meio ao setor em que ela atua. Calcula-se eficácia na praça.

O cálculo é feito por meio do volume de vendas e do faturamento, sendo dividido o faturamento total e segmentado multiplicado por cem.

Produtividade

Pode ser calculada em diversas esferas da empresa, seja individual, geral ou dividida por departamentos e pode concluir um erro de processo por meio de um funcionário estratégia ou departamento como um todo. Essas falhas podem ser tanto de cima para baixo quanto de baixo para cima.

Para o cálculo do planejamento, é divido produto gerado por recurso utilizado. .

Funcionários

Numa prática denominada em termo americano Turnover, relaciona-se o desempenho individual do funcionário e pode ser solucionado com a gestão de pessoas ou até na mudança no plano de remuneração, adicionando metas e afins.

Para esse levantamento é dividido o número de funcionários da empresa pelos do período vezes cem.

DEFINIÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO

Como há diferentes tipos de indicadores, automaticamente eles serão específicos dentro da realidade e a estratégia pré-definida pela sua empresa.

De modo geral, esses indicadores terão como visão geral a redução de custos desnecessários e a otimização de recursos da empresa.

Existem alguns indicadores estratégicos universais, mas quanto mais próximo da realidade da sua empresa ele for definido melhor é para todas as perspectivas do negócio em si.