Profissão liberal, saiba o que é e como se tornar um

Você já ouviu falar em profissão liberal?

Sem dúvida, essa é a alternativa perfeita para quem gosta de trabalhar por conta própria. Se pode buscar flexibilidade em horários.

Há dúvidas sobre como ser um profissional liberal. Então, leia esse artigo para saber mais sobre a profissão.

Basicamente, a profissão liberal permite que você tenha liberdade e flexibilidade no dia a dia.

Dessa forma, te dá liberdade para gerenciar os seus horários e organizar o seu dia.

Em geral os profissionais liberais são:

  • Profissionais da saúde;
  • Consultores financeiros;
  • Gestores;
  • Professores;

Assim sendo, o profissional liberal prefere trabalhar por conta própria. E não terá carteira assinada ou benefícios comuns de uma CLT.

Certamente, isso trás inúmeros benefícios para o liberal pois há diversos benefícios como:

  • Faz o seu horário de trabalho
  • Cria sua rotina
  • Precifica a sua função

No entanto, a profissão liberal exige muita disciplina. Além disso, precisa de algum conhecimento especifico para prestar serviço.

  • Formação universitária;
  • Cursos técnicos;
  • Ensino profissionalizante;
  • Cursos e treinamentos com certificado.

Vantagens e desvantagens

Sem dúvida os profissionais liberais têm chance de ganhar muito mais dinheiro do que os trabalhadores de carteira assinada. Pois, não estão sujeitos a nenhum tipo de teto salarial.

O lucro do profissional liberal está ligado a:

  • Capacidade de produção;
  • Organização de tempo e produção;
  • Competitividade com o mercado.

Assim, quem produz mais e melhor, possui vantagem. Então, antes de ser um, é necessário compreender que o chefe é você. Assim, se você não cumprir metas irá perder clientes.

Ao passo que outras preferem gerenciar o seu próprio negócio.

Logo, antes de fazer a sua escolha avalie com cuidado as vantagens e desvantagens listadas a seguir:

Vantagens

  • Não há hierarquia.
  • E o profissional liberal é o seu próprio chefe;
  • Grande flexibilidade de horários;
  • Facilidade de atendimento;
  • Liberdade para gerenciar a carreira;
  • Não há dependência do mercado
  • O profissional cria suas oportunidades;
  • Maior possibilidade de lucro;
  • Possibilidade de trabalhar em casa ou em escritório próprio;
  • Liberdade para investir e expandir o negócio.

Desvantagens

  • Não há garantia de renda fixa;
  • Não há seguro para acidentes;
  • Ser o único responsável por todos os aspectos do empreendimento (marketing, finanças, administração).

Diferença entre Liberal e Autônomo

Muitas pessoas associam a profissão liberal com os trabalhadores autônomos. Pois, apesar de existir diferenças importantes, há muita coisa em comum.

Por exemplo, ambos trabalham por conta própria e são os únicos responsáveis por seu sucesso. Assim, precisam ser ótimos gestores e ter boa produtividade.

O planejamento para seguir na profissão deve ser bem feito. Ser liberal é fazer a sua renda, e um mês poder ser bom e outro não. Logo, é necessário ter na ponta do lápis tudo que se gasta ou fatura.

Porém, ao contrário dos profissionais liberais, os autônomos não precisam de formação alguma. Assim o conhecimento de vida já lhe abre oportunidade de negócio.

Nesse sentido, as principais atividades realizadas pelos trabalhadores autônomos são:

  • Comerciante;
  • Esteticista;
  • Diarista;
  • Taxistas;
  • Pintor;
  • Auxiliar de construção;
  • Freelancers.

Fonte: https://administradores.com.br/

Se você tem dúvidas sobre este assunto entre em contato com a nossa contabilidade, podemos auxiliar e tirar todas as suas dúvidas.

Confira 4 métodos que podem tornar seu negócio mais lucrativo

Antes de tudo, sabemos que abrir uma empresa é um sonho de muitos empreendedores. Quando finalmente conseguem seu espaço no mercado para oferecer produtos e serviços, acabam percebendo que a lucratividade não está considerável para o negócio.

Dessa forma, gera-se o descontentamento empresarial, pois muitos empreendedores não possuem o conhecimento e a técnica necessária para conseguir aumentar seus rendimentos.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, leia o post até o final e confira 4 métodos de sucesso que podem oferecer maior lucratividade ao seu negócio.

1. Atente-se aos custos fixos

Analisar a dimensão de seus custos fixos em relação ao tamanho do seu negócio pode demonstrar se há gastos excessivos em determinado processo. É importante perceber que, caso haja gastos excessivos em relação ao caixa financeiro, sua margem pode estar sendo comprometida.

Verifique processos e maquinários obsoletos que não contribuem para a competitividade do seu negócio e faça uma “limpeza”, a fim de cortar gastos e utilizar apenas o necessário para a produção.

2. Conheça os seus clientes

De nada adianta projetar lucros futuros, se suas estratégias de vendas não estão sendo eficientes. Para que seus rendimentos financeiros aumentem, é preciso entender o comportamento de consumidores que tenham todo o potencial para comprar de você.

Avalie suas dores, necessidades, reação à oscilação de preços e, principalmente, suas principais objeções. Com todos esses dados coletados, você será capaz de contribuir para uma excelente experiência de compra pelo seu cliente, aumentando ainda mais o seu lucro.

3. Gerencie o seu estoque

Outro ponto interessante que pode estar comprometendo o seu caixa financeiro é justamente a falta de uma gestão na área de estoque. Afinal, se o negócio está crescendo em produção, a tendência é que mais produtos cheguem à empresa, tanto para contribuir com o processo produtivo, quanto para diversificar o portfólio.

Para que você possa gerir o seu lucro da maneira correta, busque administrar o seu estoque de forma consciente, observando os gastos e percebendo se estão de acordo com as demandas necessárias.

4. Analise a sua concorrência

Com o crescente desenvolvimento tecnológico, as empresas estão buscando formas cada vez mais práticas de gerar competitividade no mercado. Por isso, é crucial que você observe o comportamento de seus concorrentes, bem como suas estratégias, modo de vendas, captação e demais processos que afetam diretamente — e de forma positiva — o seu lucro.

Se inspire em estratégias externas e aplique-as em seu negócio de maneira ainda mais eficiente e valorosa. Se possível, use a tecnologia ao seu favor para automatizar processos e a melhorar a condução das atividades internas.

Além de você reduzir custos com maquinário, capital humano ou até mesmo processos excessivamente manuais, seus clientes irão perceber a qualidade de seu produto ou serviço oferecido.

Conforme vimos, a lucratividade representa a saúde da empresa e como ela é conduzida. Entender e aplicar os métodos para prover melhorias contínuas é fundamental para gerar estabilidade do negócio no mercado. Fazendo isso, você estimulará uma cultura de inovação no seu ambiente interno, obterá melhorias contínuas e descobrirá processos ainda mais eficientes para gerar lucro.