Como calcular o valor para iniciar o seu negócio?

Vai começar um novo negócio e tem muitas dúvidas? Calma! Não se desespere. Com muita pesquisa e andando um passo de cada vez é possível fazer o negócio dar certo.

A primeira coisa que deve pensar é o quanto você deve investir para iniciar seu empreendimento. Mas entender como fazer isso pode ser complicado para algumas pessoas.
Antes de fazer o cálculo, defina qual o seu público-alvo e qual atividade vai exercer.

Essas informações devem estar presentes em um plano de negócios que deve ser feito por qualquer pessoa que queira empreender. Este plano vai te ajudar a se organizar e fazer as coisas funcionarem melhor e mais facilmente.

Mas a pergunta que não quer calar é: quanto vou investir?

O primeiro ponto a ser verificado é a respeito da abertura da empresa. Os gastos com documentação, abertura de CNPJ, pagamento de taxas, alvarás, licenças, honorários contábeis, entre outros. Se achar interessante, crie uma planilha detalhada.

Essas informações são a parte burocrática, documental, mas lembre-se que a abertura engloba outros pontos: máquinas, equipamentos, decoração, ponto comercial, logomarca, website, móveis, propaganda e material gráfico.

O plano de negócios deve ser feito com o máximo de cautela e tudo deve ser levado em consideração, sejam gastos pequenos ou grandes.

As despesas mensais devem ser calculadas também independentemente se são fixas ou variáveis. Os custos fixos são todos aqueles que são necessários para empresa funcionar sem problemas. São os seguintes: salários, comissões, aluguel, luz, internet, marketing, manutenção, materiais de limpeza e escritório, sistemas de segurança, seguro, etc.

Os custos variáveis podem ser qualquer coisa inesperada e por isso não é possível calcular com exatidão. Mas nem por isso deve ficar de fora. Faça uma estimativa de valor e coloque na sua planilha.

Por fim você deve analisar e estimar quanto tempo de operação será necessário para você começar a ter lucro e aí saber quanto deve ser investido.

Erros que podem atrapalhar seu empreendimento

O planejamento é a base para abertura de qualquer empresa em qualquer ramo. Infelizmente, muitos empreendedores acreditam que basta ter a ideia e iniciar o negócio que o dinheiro vai entrar. Mas a verdade é bem diferente. É preciso estar de olho no mercado e atento aos erros que podem ser fatais para que a empresa conquiste seu espaço. Por isso vamos mostrar quais os principais erros cometidos pelos empreendedores.

1. Não faça tudo por um único cliente
Um erro muito comum é basear tudo o que faz na sua empresa no gosto de um cliente específico. Isso pode ser porque talvez ele seja o mais fiel ou até mesmo o seu primeiro cliente. Não esqueça que mais cedo ou mais tarde ele pode te abandonar e isso vai te trazer muito prejuízos.

2. Não ter fornecedores o suficiente
Comprar sempre nos mesmos fornecedores pode trazer alguns benefícios, como descontos por fidelidade, frete grátis, etc. Porém não esqueça de contar com mais de um fornecedor, pois falhas acontecem e o ideal é que você tenha a quem recorrer em uma situação complicada.

3. Não se planejar
A falta de planejamento é, para mim, o pior erro. Planejar com cuidado os passos de sua empresa pode ser a peça chave para garantia do sucesso, porém alguns empreendedores não o fazem e iniciam a empresa sem um plano de negócios que a sustente a médio e longo prazo.

4. Não cumprir os prazos estabelecidos
Seu cliente pediu um produto ou contratou um serviço? Ao dar o prazo de entrega, certifique-se de que você vai conseguir cumpri-lo. Para muitos clientes, não receber o que pediu dentro do prazo estipulado é um erro que pode fazê-lo não comprar mais com a empresa. Evite perder clientes dessa maneira. É melhor pedir um prazo mais extenso e conseguir fazer o que precisa a tempo.

5. Falta de capacitação
Não entender do produto/serviço que está oferecendo é terrível. Faça cursos sempre que possível e entenda bem da área que escolheu para trabalhar. Isso passa segurança aos seus clientes.

6. Vender, vender e vender
É claro que as vendas são o foco principal para que seu negócio funcione de maneira correta. Mas não adianta você ficar ansioso para isso e não se preocupar com a qualidade do produto que está oferecendo.

Procure ao máximo evitar erros que podem ser prejudiciais à sua empresa, pois sabemos que muitas acabam fechando as portas com pouco tempo de vida e isso ocorre justamente pela falta de cuidado e pressa.